Voltar

Posse Responsável

COMAC

O vínculo dos cães e gatos com o homem, um dos mais próximos entre as espécies, garantiu a esses bichos o título de animais de companhia. Ao domesticá-los, há milhares de anos, o homem tornou-se responsável pelo seu bem-estar. Conviver com um animal de estimação é um privilégio e pode mudar nossa vida para muito melhor. 
Esse apelo, junto com o modo de vida atual, entre outros motivos, deu origem ao “fenômeno pet”, sendo que os benefícios do convívio do homem com esses animais são hoje comprovados – e recomendados – até por médicos. No entanto, alguns cuidados são fundamentais para que essa relação seja realmente harmoniosa e feliz.
Um filhotinho peludo pode ser tentador, mas levá-lo para casa significa o início um relacionamento que pode durar mais de 15 anos. Trata-se de um novo membro da família, um compromisso para toda a vida. Raças “da moda” ou com apelo na mídia podem não ser adequadas ao espaço da casa ou estilo de vida dos interessados. E de nada adianta morrer de amores pela bolinha de pêlos quando filhote, se o adulto passa a vida num fundo de quintal, ou ainda pior, atado a uma corrente.
O segredo de uma relação bem-sucedida com cães e gatos começa antes que eles entrem em casa. A família deve estar ciente e de acordo, pois a boa vontade das pessoas será muito importante. Quem vai cuidar dos bichos durante as férias ou feriados prolongados? Quem ficará responsável por levá-lo ao veterinário, para vacinar, tomar vermífugo e dar banho?  Se você não tem tempo para passear com seu cachorro, escovar seu gatinho ou para conversar com o seu bicho, além de deixar de desfrutar de boas coisas da vida estará fazendo infeliz um grande amigo. 
Além de tempo, quem tem um bicho em casa precisa de recursos financeiros suficienteS para todos esses cuidados. Acredita-se que a questão econômica seja um dos principais motivos para o aumento no abandono de animais de raça nas grandes cidades.
Outro lado obscuro na relação do homem com cães e gatos é a superpopulação desses animais, um problema vivido pela maioria dos centros urbanos em todo o mundo. Em muitos casos, o triste destino desses bichos é o abandono e muito sofrimento. Mudar esse quadro é um dos grandes desafios que se apresentam no século XXI. 
Baseado nos Dez Mandamentos, a ARCA Brasil lançou o Teste do Proprietário Responsável de Cães e Gatos. Com ele, quem já tem um animal de estimação – ou aquele que pensa em adotar um –, poderá avaliar se oferece – ou se poderá oferecer – o que um animal precisa para uma vida saudável e feliz.
Para saber mais:  veja os 10 Mandamentos da Posse Responsável, em  www.arcabrasill.org.br/posse.htm