Voltar

Convívio entre crianças e pets apresenta benefícios positivos no bem-estar e na saúde

2010-12-13

As férias proporcionam muitos momentos de descontração entre os animais de companhia e as crianças. A brincadeira pode ser mais que lazer, também é uma forma de prevenção e tratamento de doenças.

As férias proporcionam muitos momentos de descontração entre os animais de companhia e as crianças. A brincadeira pode ser mais que lazer, também é uma forma de prevenção e tratamento de doenças. Toda a criança espera o ano inteiro pela chegada das férias de fim ano, por conta das festas, das viagens e da maior disponibilidade para brincar. E é nesse período que a oportunidade de passar mais tempo com seu animal de estimação pode proporcionar, além de diversão, diversos outros benefícios como o bem estar psicológico e apoio na prevenção e tratamento de muitas doenças. Segundo estudo encomendado pela Comissão de Animais de Companhia (Comac), integrante do Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Saúde Animal (Sindan), ao grupo de pesquisa do Departamento de Psicologia Experimental da Universidade de São Paulo (USP), os benefícios dos pets à saúde das pessoas vão desde a melhora na imunidade de crianças e adultos, redução dos níveis de estresse e da incidência de doenças comuns, como dor de cabeça ou resfriado. Até para as crianças menores o convívio com os animais tem resultado positivo, os pesquisadores identificaram vários benefícios aos bebês, pois certas proteínas que exercem importante papel na regulação do sistema imunológico e das alergias aumentam significativamente em bebês de um ano de idade quando expostos precocemente a um cão. Para a pesquisadora Carine Savalli Redígolo, o estudo mostra que a convivência possibilita aos bebês ficarem menos suscetíveis às alergias e dermatites tópicas. "Também foi constatado a diminuição de rinites alérgicas aos quatro anos de idade e aos seis a sete anos, devido à redução da imunoglubina, um anticorpo que quando em altas concentrações sugere um processo alérgico", afirma. "Essa proximidade traz uma série de benefícios a todos os membros da família. Para as crianças e jovens, essa companhia contribui desde a redução de ansiedade até o desenvolvimento da linguagem e das habilidades motoras, inclusive para fins terapêuticos", justifica o médico veterinário e presidente da Comac, Luiz Luccas. Vale ressaltar, porém, que para manter um bom convívio entre as crianças e os pets, é necessária a orientação veterinária periódica para manter a saúde e o bem estar do animal. O médico veterinário vai acompanhar questões relacionadas à vacinação, medicação e tratamentos. Apesar da importância da freqüência do acompanhamento veterinário para a qualidade de vida do animal e das relações com seus donos, segundo pesquisa Radar Pet, dos proprietários de animais de companhia, apenas 24% têm o hábito de levar seus bichos de estimação a consultas periódicas e nos proprietários que levam seus pets para tratamentos prolongados este número cai para 11%. Para Luiz Luccas, a freqüência de consultas veterinárias resolveria questões como a cinomose, uma das mais importantes doenças que acomete os cães e está longe de ser erradicada do país, uma vez que hoje vacina-se apenas 20% da população canina nacional. A cinomose é uma das principais causas de mortalidade precoce de cães no Brasil. Além disto, temos de estar atentos ao Controle de Pulgas e Carrapatos, Dirofiliara (doença do coração) e outros parasitas internos. "Controlar a saúde dos pets é cuidar da saúde da própria família, já que algumas doenças como verminoses são transmissíveis as crianças e adultos, podendo ocasionar problemas muito sérios", conclui. O mesmo acontece na hora de orientar procedimentos como vermifugação, utilização de antiparasitários e acompanhamento da carteira de vacinação do animal. Sobre a Comac - A Comissão de Animais de Companhia foi criada em 2007 com o objetivo de influenciar e desenvolver o mercado de produtos veterinários para pequenos animais. A Comissão surgiu como um grupo de trabalho do Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Saúde Animal e é composta pelas empresas Agener União, Bayer, Biovet, Coveli, Intervet/Schering-Plough, Jofadel, Koning, Merial, Ouro Fino, Pfizer, Vetnil e Virbac. Atendimento à Imprensa Texto Assessoria de Comunicações Jornalista Responsável: Altair Albuquerque (MTb 17.291) Coordenação Geral: Nádia Andrade (nadia@textoassessoria.com.br) Coordenação Geral de Assessoria: Fabrício Trevisan (fabricio@textoassessoria.com.br) Atendimento: Katiuscia Teodoro (katiuscia@textoassessoria.com.br)